Modernidade Móveis

Clássicos, Modernos e Contemporâneos

Portas Sempre Abertas

14 de maio de 2009 | Categoria: Decoração| Seja o primeiro a comentar!

Morar sozinha não é sinônimo de solidão para a proprietária desta residência ampla e acolhedora, preparada pela arquiteta Fernanda Marques para receber carinhosa e confortavelmente os muitos amigos, filhos e especialmente os netos

Pela metragem – 535 m2 construídos – pode parecer que a espaçosa residência da cidade de Campinas, no interior de São Paulo, abriga uma numerosa família. Engano. A proprietária é uma senhora aposentada, que mora sozinha e tem como hobbies a pintura e o piano. Mas isso também não significa que a casa tenha espaços ociosos ou fique a maior parte do tempo sem movimentação, pois entre os maiores prazeres de sua moradora está o de receber com muita frequência os netos e os filhos, além de oferecer almoços e jantares para amigos e familiares.Para adequar totalmente a residência ao perfil da proprietária, a arquiteta Fernanda Marques, contratada para criar e executar o projeto de reforma e decoração, não precisou promover mudanças na alvenaria, apenas nos acabamentos e na decoração. “Com uma estrutura original muito interessante, que mantivemos, nos concentramos em distribuir os ambientes de forma funcional e dinâmica, promovendo, assim, o bem-estar e conforto à moradora e seus hóspedes”, conta.

Banhado de luz, as cores naturais do mobiliário e das paredes deixam o estar aconchegante e acolhedor. As diferentes texturas dos revestimentos e acabamentos são um convite ao toque: linho nas cortinas, couro no pufe e nas poltronas, seda nas almofadas, laca brilhante na mesa de centro. No canto da sala, a luminária de chão ganha destaque.

Ambientes integrados e cores claras reforçam a sensação de amplitude

Em um único e grande ambiente, estar, jantar e home theater convergem para o piano de meia cauda, que divide as atenções da casa com as obras de arte, como a gravura de Julio Vilani. Abaixo, combinação perfeita entre os pés cromados da poltrona e a mesa lateral Vintage, em contraste com a textura do tapete. Também contrastantes as linhas orgânicas das cadeiras Saarinen de couro natural bege e o padrão geométrico de ângulos retos da mesa de jantar Carla e do aparador de madeira. O pendente Josephine e os vasos sobre o aparador  conferem um toque de elegância

Criado para acomodar toda a família, o home theater tem um grande sofá com chaise, complementado pela confortável poltrona com pufe e pela mesa de encaixe Carlotta Break, ideal para apoio de copos ou bandejas. A lareira sob a tevê deixa o ambiente ainda mais aconchegante, especialmente nas noites de frio.

Funcional, os armários que equipam a cozinha têm acabamento laminado melamínico branco na parte inferior e de vidro também branco na parte superior, além de tampo de granito na mesma padronagem do piso. Apoiada na bancada lateral, a mesa para refeições rápidas acomoda quatro pessoas nas cadeiras Bertoia estofadas de couro. Os eletrodomésticos de inox, o relógio cromado e o pendente Pan Longa dão um toque especial à decoração.

Reunir família e amigos foram os conceitos adotados para a ambientação dos espaços

A divisão de ambientes, marcada quase que exclusivamente pelo mobiliário, contempla espaço para uma grande diversidade de atividades. Na ala social, uma sala de música, home theater com lareira, sala de jantar, lavabo, escritório e uma brinquedoteca para liberar os netos. Na ala íntima, dormitórios e banhos de hóspedes e uma suíte master com sala de tevê. Finalmente, a ala de serviço abrange copa, cozinha, lavanderia, despensa, além de acomodações completas para empregados.

Leveza visual
“Uma preocupação presente no projeto foi seguir o conceito de integração e concretizá- lo utilizando uma pequena quantidade de móveis, a fim de deixar os espaços mais fluidos”, revela Fernanda Marques. Na ala social, um bom exemplo da integração que permeia todo o projeto: um único e grande ambiente de estar, com sala de jantar, sala de estar e home theater tem como destaque principal o piano de meia cauda, elemento aglutinador. Nele a proprietária brinda seus convidados, executando suas peças preferidas.

A idéia da arquiteta era deixar o apartamento claro e iluminado, sem aparência de frio ou impessoal. Afinal, trata-se da aconchegante e acolhedora casa da vovó. Para isso, optou por pintar as paredes na tonalidade off white e contrastá-las com o piso de madeira tauri, aplicado em toda a área social e dormitórios. Os tapetes e as cortinas em tom de linho natural aquecem os espaços. “As cores claras usadas nos móveis e acabamentos também colaboram para aumentar a sensação de amplitude e permitem destacar as obras de arte, outra paixão da proprietária”, comenta Fernanda.

Pensado como um grande estar, a ambientação do terraço permite fazer refeições informais na mesa de jantar Saarinen com tampo de laca branca servida pelas cadeiras Wish Bone, ou entregar-se a uma deliciosa conversa ao ar livre no conforto das poltronas Swan que ladeiam a mesa maciça de madeira cilíndrica.

Sobre a escrivaninha, uma antiga lupa de mesa permite apreciar detalhes invisíveis a olho nu. Seguindo a linha dos contrapontos, a moderna cadeira de tela meda pro contrasta com a luminária de teto Tolomeo Decentrata com cúpula de papel.

Diversos quadros complementam a decoração: os pequenos e médios com desenhos de nanquin são de Ana Pinheiro e os com fotografias de flores.

O escritório, refúgio para dedicar-se à pintura ou ponto de conexão com o mundo

A suíte master tem ligação direta para uma sala de tevê, onde um confortável sofá-cama e pufe, além do móvel para o equipamento, compõem o ambiente.

A cabeceira de madeira da cama e o criado-mudo foram revestidos com tecido na cor cru, tonalidade que se repete nas poltronas com almofadas de pele de coelho, na cúpula do abajur de vidro com estanho, no banco de couro natural, na manta de cama e no tapete cotton com borda buclê. No cantinho de leitura, luminária de piso cromada. Destaque sobre a cabeceira para os quadros com tema de tulipas de Álvaro Elkis.

Clima acolhedor e amplos espaços na suíte master integrada à sala de tevê

Estilo contemporâneo
Móveis e objetos antigos do acervo pessoal harmonizam-se com as novas peças de mobiliário, onde o design é o ponto alto, caracterizando o estilo contemporâneo da decoração. Os sofás e a mesa de centro de laca brilhante de linhas marcadamente retas do estar harmonizam-se e destacam o formato orgânico do puffe de couro e das poltronas revestidas de couro Grand Canyon champanhe.

Na sala de jantar, as cadeiras Saarinen brancas com revestimento de couro natural bege fazem contraponto à geometria retangular da mesa, que acompanha as linhas do aparador. O piano de meia cauda e a cômoda antiga, do acervo pessoal, são os elementos diferenciais, tanto na cor quanto no estilo, juntamente com o elaborado pendente Josephine. No terraço, continuação natural do estar, o jogo de contrastes e harmonizações permanece.

O piso escuro de pedra natural destaca a suavidade das cadeiras de madeira natural e as linhas curvas da mesa Saarinen, criando um espaço ideal para refeições rápidas ou informais. A solidez da mesa de centro é suavizada pelos contornos delicados da poltrona Swan.

Equipado para estabelecer conexão com a internet ou para a proprietária dedicar-se ao hobby da pintura, o escritório abriga uma grande quantidade de peças antigas, como a lupa de mesa e o relógio e o telefone sobre a estante de laca branca, todos do acervo pessoal. O contraponto é feito pela moderna cadeira de rodízios. Os quadros de flores na estante dão o toque feminino ao ambiente.

Na suíte master, integrada a uma sala de tevê por meio de uma ampla porta de correr, a paixão da proprietária por flores se revela com mais intensidade. Sobre a cabeceira da cama revestida de tecido, vários quadros retratam tulipas em ângulos e estágios diferenciados de floração.

O prazer de receber familiares e amigos fica evidente em cada detalhe dos quartos de hóspedes, como este da foto, cuidadosamente projetado para ser um espaço confortável e aconchegante. O trabalho de marcenaria da cabeceira da cam assemelha- se a um lambri e cria um jogo de profundidade para destacar os quadros com fotos em preto e branco. O cobertor de soft marrom faz um jogo de tonalidades com o tapete de cotton com borda de buclê e as cortinas de linho natural.

Transcrição: Esme Rodrigues

http://twitter.com/esmerodrigues

Fonte de matéria: Dcasa

Autor do post

avatar
Esme Rodrigues

Nasci junto com a Modernidade Móveis e da necessidade desta.

Mais da mesma

Nenhum comentário

  • Não existem comentários ainda. Deixe o seu!