Modernidade Móveis

Clássicos, Modernos e Contemporâneos

Resgate de Sabores

29 de abril de 2009 | Categoria: Decoração Temática| Seja o primeiro a comentar!

As tendências apontam à reinvenção dos espaços. Com o objetivo de transpor a utilização restrita aos fins de semana, a sala de almoço, que costuma servir de elo entre os outros ambientes, ganha charme e elegância ao misturar diferentes materiais e estilos

Ingredientes essenciais garantem a harmonia da sala de almoço, ambiente que favorece os encontros diários familiares. Conjugada à cozinha estava a antiga copa, tomada por mesas grandes o suficiente para acomodar a fartura de pratos e iguarias das frequentes reuniões. Com a vida cada vez mais agitada, quem faz questão de reunir amigos e familiares deve preservar uma sala de almoço, local perfeito para o prazer de uma refeição feita sem pressa e em boa companhia. Incorporar novamente o hábito de usar esse ambiente traz vitalidade à atmosfera familiar. Selecionamos charmosos projetos, que usam vidros e espelhos para ganhar amplitude e luminosidade; lustres pendentes que demarcam o espaço para refeições mesmo em ambientes integrados; e também revestimentos que dão colorido e textura às paredes dessa área que proporciona horas agradáveis e deliciosas. Bon Appétit!

LUSTRES

Desfrutando do espaço

“O segredo é acertar nas peças, sem super dimensionar. Pode-se usar um pendente sobre a mesa e embutidos sobre os móveis de apoio, sempre em circuitos independentes, para dosar a luz”, salienta a arquiteta Marisa solano, autora desta sala de almoço, que oferece conforto a um casal recém-casado que tem dois cães. “Como passam muito tempo fora, eles queriam um ambiente prático, com a tevê e os acessórios e eletrodomésticos à mão”, explica ela, que escolheu a decoração moderna e um marcante lustre que mistura o clássico e o contemporâneo. A combinação branco-e-preto aparece em todos os detalhes: nos elementos sobrepostos nas duas paredes, nos móveis e na estampa dos tecidos (regatta) das poltronas. Para a marcenaria, Marisa escolheu carvalho ebanizado e madeira lisa com acabamento de laca preta. A mesa com pés de aço escovado e tampo de madeira branca, as cadeiras e o aparador. Na iluminação  destaca-se o pendente adquirido em uma das viagens do casal.

fotos: Ricardo Breda/ Produção: Elisa Soveral

Cotidiano requintado

A praticidade e o conforto no dia a dia são essenciais para que os espaços sejam utilizados de forma funcional e agradável. A fórmula vale também como regra no projeto desta sala de almoço, assinada por Simone Bigoto e Ana Claudia Marinho. Neste apartamento projetado pelas arquitetas, a cozinha é separada da sala de almoço por um painel de correr revestido com espelhos, item que integra os dois ambientes quando está aberto, funcionando como um aparador ou passa-pratos, quando fechado. “Ao mesmo tempo em que preserva a privacidade, o painel elimina possíveis odores da hora de cozinhar os alimentos. Funcional também é o móvelaparador- divisória, que serve para acomodar as louças e os copos do dia a dia, deixando tudo a mão”, diz Simone. A mesa Saarinen preta oval com tampo de mármore nero marquina ficou bem guarnecida pelas leves cadeiras de acrílico transparente. Charles & Eames, um visual limpo o suficiente para não se tornar confuso no reflexo dos espelhos. Sob a escada, um bufê com rodízios acomoda faqueiros, bandejas e réchauds. O delicado lustre  os adornos.

JoMAr brAGANçA

Rusticidade na medida

Certa verdadeira unificadora da família, esta sala, concebida para uma residência em itaúna, Minas Gerais, integra-se totalmente à cozinha e às áreas sociais. o casal com duas filhas queria um projeto prático, que combinasse com a arquitetura, valorizando o pédireito alto, os pilares de madeira e o telhado aparente. Para isso contaram com a arquiteta Glaucia britto, que decidiu mesclar elementos contemporâneos e rústicos à decoração. “tudo é muito prático e enaltece a estrutura da casa. Procurei ligar copa e cozinha, para que tudo saia quentinho do fogão diretamente para a mesa, com fácil circulação”, explica. A praticidade também foi priorizada na escolha do piso de porcelanato preto e na mesa com tampo de vidro e estrutura de aço inox. Para deixar o espaço mais aconchegante e charmoso, e beneficiando-se da luz natural, Glaucia optou por iluminação difusa, escolhendo arandelas e um lustre diferenciado, como uma escultura pendente. trata-se de um aramado com cristais da scatto. Na parede, uma mandala feita de madeira confere rusticidade com muita elegância.

ESPELHOS

Elegante e prática

“Como a sala de almoço geralmente é usada de uma forma menos formal, principalmente para as refeições rápidas da família, pode-se integrá-la totalmente à cozinha, tornando o acesso a tudo bem mais prático. entre os itens principais estão o acesso a todas as facilidades, assim como a utilização de materiais que facilitem a limpeza diária”, revela a arquiteta Fernanda Marques, responsável pelo projeto deste apartamento. Criada para acomodar a família, a sala de almoço conta uma mesa em ‘L’, de vidro, e as cadeiras modelo orbit spider, de fibra de vidro branca com pés cromados. Ali o ambiente está ligado com diversos elementos da cozinha: uma bancada de madeira com nichos é integrada à pia, servindo também como aparador e um móvel-adega de aço inox foi incorporado para organizar a coleção de vinhos. Para conferir ainda mais sofisticação, ela preferiu o uso da madeira, que aquece o ambiente em contraponto ao branco dos armários. Contemporâneos, a decoração em tons claros e o jogo de espelhos criam uma atmosfera de alta luminosidade, completada por duas amplas janelas e pelo piso revestido com Crystalato branco, da eliane.

Objetos de valor

A elegância dos espelhos e o vidro branco serigrafado ganham destaque neste projeto assinado por Evelin Sayar para a sala de almoço de um apartamento localizado no Brooklin, São Paulo. Fina, discreta e elegante, a moradora, uma senhora de meia idade que vive com a filha, desejava o máximo de claridade, requinte e delicadeza na escolha dos elementos que compõem a decoração. “Como o espaço é utilizado com frequência, procurei aproveitar peças do apartamento anterior, como a antiga mesa (originalmente no tom castanho), que foi revitalizada pelo restaurador Silvio Hermenegildo e recebeu pintura especial em branco e prata”, conta. A união de peças simples de tom mate, mais apagadas, e estampas em florais miúdos ajuda a compor a romântica sala. Louças, talheres, cristais e prataria ficam organizados no móvel que recebeu acabamento laqueado branco acetinado. Para o piso, Evelin escolheu porcelanato da Gyotoko (D’Stijl) e os tecidos que revestem as cadeiras, assim como a persiana Silhoutte. O toque final é dado pelas peças de cerâmica do ateliê Maria Helena Sayar.

Divina luminosidade

Paloma Yamagata assina este apartamento para um casal com dois filhos adolescentes, em Niterói. A família desejava a integração da sala de almoço com a cozinha, o que beneficia as refeições rápidas da semana e os demorados cafés da manhã dos sábados e domingos. “A decoração é clean e monocromática, com tons que destacam as cadeiras de madeira. Na copa, optamos pela pintura acrílica ‘café-com-leite’, uma solução que aquece o ambiente”, diz Paula. Iluminação geral fluorescente amarela combinada com lâmpadas incandescentes e halógenas dá amplitude, assim como o espelho, que recobre toda a parede lateral e duplica o ambiente. O branco prevalece nos armários planejados, com acabamento de melamina, e sobressaem-se a mesa e o banco, as cadeiras de Carlos Motta e os futons.

REVESTIMENTOS

Evocação ao luxo e a elegância

Cadeiras sem braço para uma melhor mobilidade e mesas redondas que integram a família”, seguindo essa receitinha básica, a arquiteta Cristina Hamoui valoriza a funcionalidade neste ambiente criado para uma das mostras. Aqui o estilo contemporâneo ganha toques com elementos clássicos como o piso de mármore travertino romano bruto. “Gosto de explorar as bases neutras. usei e abusei da combinação do preto e do branco, sem perder o charme com o uso das alegres bananas, que aparecem na estampa das paredes e se repetem nas cadeiras, diz. o preto ganha ainda mais destaque na mesa modelo black Jack, de madeira, e o projeto de iluminação da Puntolucce dá o toque final, com fontes embutida nas estantes e no teto, artifício que a arquiteta utiliza para destacar o lustre com pendentes de cristal. Para complementar a decoração, copos, louça e guardanapos.

Agradável ao extremo

Utilizando revestimentos diferenciados, originais e descontraídos, os arquitetos Paula Neder e Alexandre Monteiro criaram esta sala de almoço envolta em uma obra de arte. Para o apartamento no bairro carioca do Leblon, os proprietários queriam ambientes com sua personalidade e estilo de vida – um casal de meia idade, ele, americano, ela, brasileira, ambos sofisticados, modernos, desportistas e práticos. “Utilizada diariamente para as refeições rápidas, a copa acompanha o restante da obra: é modernista com suas curvas, painéis e mosaicos de pastilhas vidro e ao mesmo tempo sofisticado e descontraído”, conta Paula. O destaque é, sem dúvida, a miscelânea de cerâmica colorida. O ambiente está integrado à cozinha e liga-se por uma porta à sala e aos quartos. As cadeiras Bertoia e a mesa com tampo de granito são peças antigas do casal. Os armários laqueados de branco puxadores com perfil de alumínio.

Energia das cores

Na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro, esta sala de almoço atende as necessidades de um casal jovem com um filho pequeno. Nas mãos da arquiteta Fátima Freire, o ambiente tornou-se um local aconchegante para ser utilizado nas refeições diárias, deixando a sala de jantar para ocasiões mais formais. A área de produção da cozinha é separada apenas por uma painel de correr em vidro temperado translúcido. “A disposição dos equipamentos e dos eletrodomésticos também era uma preocupação, pois eles queriam tudo à mão”, conta. Todo o piso foi revestido com o porcelanato Diamante polido da Portinari, com tabeiras e rodapés de silestone. Para destacar uma das paredes, Fátima optou por revestimento com um papel importado que tem o vermelho como matiz principal, contrastando com as variações de branco e detalhes em prata. Um pendente, modelo Blade, e focos embutidos de iluminação estão bem posicionados pelo ambiente. Os armários, com acabamento metálico e vidros jateados. No centro da sala, mesa Saarinen com tampo em mármore branco e poltronas Eros, de policarbonato vermelho com base de alumínio. Os móveis são pura Modernidade.

Transcrição: Esme Rodrigues

Fonte de matéria: Dcasa

Autor do post

avatar
Esme Rodrigues

Nasci junto com a Modernidade Móveis e da necessidade desta.

Mais da mesma

Nenhum comentário

  • Não existem comentários ainda. Deixe o seu!